Como escolher uma câmera de segurança apropriada? – SENSOR DE IMAGEM
19 de dezembro de 2017
Tipos de fontes de alimentação para sistema CFTV
19 de dezembro de 2017

Uma câmera de segurança possui funcionamento semelhante ao da nossa visão: a informação é recebida por meio de feixes de luz e, em nosso cérebro, processados e convertidos em imagens. No caso das câmeras, a luz entra através da lente e do sensor de imagem. Depois disso, um pulso elétrico inicia o processador, que converte toda essa informação eletrônica na imagem que vemos nos monitores.

Ou seja, três principais componentes são essenciais para o pleno funcionamento do nosso sistema de CFTV: lente, sensor de imagem e tipos de tecnologia. Hoje, abordaremos as diferenças e especificações das lentes.

As lentes funcionam como um conjunto óptico com função de direcionar a imagem que está passando através dela diretamente para o sensor de imagem.  Quanto menor a sua milimetragem, maior a abertura de imagem e, quanto maior a milimetragem, menor abertura.

Isso significa que uma lente de 2.8mm, por exemplo, possui uma abertura de 100 graus, em média. Sendo indicada para ambiente onde é necessário monitoramento com amplitude de visualização. As lentes maiores, como a de 6.0 mm (ou mais), são indicadas para situações de corredores e guaritas de estacionamento, onde é necessário maior enfoque.

sensor de imagem e os tipos de tecnologia são outros componentes que precisam de especificações para o bom funcionamento de seu sistema de CFTV.

Para saber mais sobre ‘Câmeras de Segurança’ baixe nosso material:

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *